/ notícias / No Dia da Árvore, profissionais e estudantes do IFPR plantam mudas nos campi e Reitoria

No Dia da Árvore, profissionais e estudantes do IFPR plantam mudas nos campi e Reitoria

Publicado em

Na imagem, uma aluna do IFPR, uniformizada, planta uma árvore. Ao fundo, várias árvores, compondo um bonito cenário.
Neste 21 de setembro, todas as unidades do IFPR foram convidadas a plantar pelo menos uma árvore. No total, foram plantadas mais de 3 mil mudas. Foto: Campus Barracão.

Em alusão ao Dia da Árvore, celebrado em 21 de setembro, estudantes e profissionais do IFPR plantaram mudas de diferentes espécies nos campi e na Reitoria do Instituto.

A ação de conscientização vem em um momento difícil para o Meio Ambiente no Brasil, especialmente devido à intensificação do desmatamento e à ocorrência de grandes queimadas no Pantanal e na Amazônia.

Os efeitos dos incêndios nesses biomas são sentidos em diferentes localidades e, inclusive, também em outros países.

Na Região Sul e no Sudeste, por exemplo, recentemente, foram registradas ocorrências de chuva negra, causada pelo acúmulo de fuligem dos incêndios que devastam grandes áreas desses dois biomas fundamentais para a existência da vida no planeta.

As árvores, de uma forma geral, são parte essencial para o equilíbrio do clima. Estudos promovidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) demostraram que uma única árvore com copa de dez metros de diâmetro é capaz de lançar na atmosfera, diariamente, mais de 300 litros de vapor de água – isso representa mais que o dobro de água que um brasileiro costuma consumir diariamente.

As árvores têm outras funções importantes: regulam as chuvas; absorvem a poluição das cidades; reduzem o ruído em ambientes urbanos e deixam o ar mais fresco, atuando como umidificadoras de ar.

“Uma única árvore equivale a 20 aparelhos de ar-condicionado de 18.000 btus”, comenta o reitor do IFPR, Odacir Antonio Zanatta, que é agrônomo e doutor em Agronomia, área de concentração em Proteção de Plantas.

“A gente sabe a importância da vegetação, principalmente das árvores, para o equilíbrio do clima: quando você passa perto de uma floresta você sente a temperatura mais amena, o clima mais úmido, o ar mais fresco”, explica.

“Promovemos essa campanha no IFPR para que cada campus plantasse pelo menos uma árvore neste dia, para que a gente possa, de alguma maneira, colaborar com a melhoria das condições climáticas do planeta”, explica.

Somente neste 21 de setembro, último dia do inverno, que neste ano foi um dos mais secos dos últimos tempos, agravando a crise hídrica mais severa dos últimos 60 anos na Região de Curitiba, foram plantadas pela comunidade acadêmica do IFPR e parceiros mais de três mil mudas de diferentes espécies – a maior parte delas em Assis Chateaubriand, em parceria do Campus com o Rotary Club.

Essa ação, que envolveu todas as unidades do Instituto, tem caráter prático e simbólico: carrega uma mensagem importante a respeito da necessidade de preservação do planeta, de humanismo e de cuidado com a vida em todas as suas formas.

Se, a partir desta campanha, você se sentiu motivado, plante também uma árvore!

Confira, nas imagens a seguir, como foi o plantio nas diferentes unidades do IFPR.

Se você está nas fotos, visite a página do IFPR no Facebook e comente ou marque seu perfil ou de seus conhecidos nas imagens.

#IFPRnoDiaDaÁrvore

#PlanteUmaÁrvore

Topo