/ notícias / Produção do Campus Curitiba é destaque em concurso na Polônia

Produção do Campus Curitiba é destaque em concurso na Polônia

Publicado em

Na foto, há quatro personalidades polonesas em um palco de teatro; ao fundo, um grande telão com participantes do concurso em janelas de videoconferência
Devido à pandemia de Covid-19, cerimônia de premiação foi feita de maneira remota

Uma equipe do Campus Curitiba obteve o oitavo lugar na etapa internacional do Kunkurs Historyczyni Patria Nostra (Concurso Histórico Patria Nostra), organizado pela Fundacja Patria Nostra (Fundação Patria Nostra) que visa promover a história da Polônia, sobretudo entre os jovens.

O concurso é dividido em duas modalidades, uma nacional e outra internacional. Na etapa nacional concorrem apenas escolas polonesas. Da internacional, participam instituições que ofertam a língua polonesa fora do território nacional – o Campus Curitiba do IFPR pôde participar porque possui um projeto de língua e cultura polonesas, coordenado pela professora Hellen Christina Gonçalves.

“Para participar, foi preciso enviar um vídeo de 40 segundos que retratasse algum momento da história polonesa, uma autorização assinada pelos pais e documentação comprovando que os estudantes têm menos de 17 anos, idade limite para competir”, explica a docente.

O vídeo enviado pelo IFPR foi produzido pelas estudantes Kawane do Nascimento Novak (Jogos Digitais) e Alessa dos Santos (Eletrônica).

Vídeo

Assista à produção:

O momento retratado é da história recente, mas remete ao passado: em 2019, no aniversário de 80 anos do início da Segunda Guerra Mundial, o Presidente de Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, pediu perdão à Polônia, pelo que lhes causaram durante o nazismo e admitiu que cometeram crimes contra a humanidade.

A frase inicial do vídeo traz o seguinte texto (traduzido): “Em 1º de setembro de 2019, o presidente alemão Frank-Walter Steinmeier pede desculpas à Polônia pelos danos resultantes da guerra provocada pela Alemanha”. O título da produção é “O pedido de desculpa por parte dos alemães”.

Visibilidade

No total, foram enviados à etapa internacional do concurso 298 trabalhos, produzidos por equipes de diversos países. A cerimônia de gala, em Varsóvia, foi realizada no dia 14 de novembro.

“Para nossa surpresa, quando começaram a premiar os 10 melhores trabalhos, na oitava colocação anunciaram ‘Instituto Federal do Paraná – Brasil’; ficamos muito felizes, essa é uma oportunidade intangível de mostrar o trabalho da área de linguagens e reflete a qualidade do curso de Jogos Digitais! Também estou feliz porque meu trabalho de formiguinha para ensinar língua polonesa no IFPR está rendendo frutos”, celebra a professora.

Os vídeos vencedores, inclusive o do IFPR, serão exibidos na TV Polonesa, durante o intervalo dos programas, e também em outdoors digitais espalhados pelo país.

Seleção interna

O vídeo que representou o IFPR foi escolhido a partir de uma seleção interna, voltada aos estudantes dos cursos técnicos integrados ao Ensino Médio do campus, da qual participaram 11 equipes. A escolha foi feita por uma banca composta professores da área de linguagens e por uma docente do curso de Letras-Polonês, que atuou como membro externo.

Premiação

Não fosse a pandemia de Covid-19, a equipe que representou o campus teria participado presencialmente da cerimônia de premiação – a Fundacja Patria Nostra subsidia a viagem, estadia e um curso de uma semana em Varsóvia para os concursantes.

“Como, neste ano, não foi possível, eles nos enviarão pelos correios a placa, os diplomas e também uma coleção de livros para nosso acervo: nosso trabalho foi muito elogiado durante a premiação e disseram esperar que participemos em edições futuras”, comenta a professora Hellen Christina Gonçalves, que recebeu os cumprimentos do ministro da Cultura da Polônia.

Essa é a primeira vez que uma equipe do IFPR participa do concurso, que, em 2020, está em sua quinta edição.

Leia mais

Topo