/

Observatório da Convivência

O Observatório da Convivência do IFPR é um espaço de investigação e de estudo permanente do clima escolar do IFPR. Tem como objetivos:

  • Promover e sugerir ações que assegurem que os ambientes escolares do IFPR sejam acolhedores, seguros, confiáveis, justos e saudáveis;
  • Propor estratégias para reconhecer e tratar conflitos;
  • Melhorar as relações entre estudantes e profissionais da educação.

Participa toda a comunidade escolar do IFPR: estudantes, professoras(es), técnicas(os), pais e responsáveis.

Diagnóstico de Clima Escolar – 2019

Relatório com os dados gerais do diagnóstico de Clima Escolar realizado em 2019.

https://reitoria.ifpr.edu.br/wp-content/uploads/2020/12/CLIMA-ESCOLAR-NO-IFPR_2019_DADOS-GERAIS.pdf

Live “Clima Escolar no IFPR: mapeamento da realidade de 2019 e reflexões para o futuro” (9/12/2020).

Carta Aberta do Observatório da Convivência
à Comunidade do IFPR
Veja a Carta

Notícias

Observatório da Convivência inicia reuniões com as Comissões locais dos Campi.  (publicada em 1/05/2021). 

  • 4/05: Barracão, Curitiba, Astorga, Jaguariaíva, Quedas do Iguaçu e Coronel Vivida
  • 13/05: Goioerê, Irati, Pinhais, Paranaguá e Londrina
  • 18/05: Campo Largo, Ivaiporã, Foz do Iguaçu, Capanema, Palmas e Colombo
  • 27/05: Jacarezinho, Assis Chateaubriand, Pitanga, União da Vitória, Paranavaí, Umuarama, Telêmaco Borba e Cascavel 

Apresentação aos campi – arquivo.

Nos dias 6/04 e 22/04 a Comissão Local de Colombo iniciou as discussões com a comunidade acadêmica da região sobre os resultados locais do Observatório da Convivência (publicada em 1/05/2021)

Observatório da Convivência realiza live sobre clima escolar nos campi do IFPR (publicada em 7/12/2020)

Observatório da Convivência inicia suas atividades de 2020 (publicada em 13/02/2020)

Observatório da Convivência é lançado em evento realizado em Pinhais (publicada em 12/11/2019)

Pesquisa sobre clima escolar será aplicada nos campi (publicada em 1/11/2019)

Observatório da Convivência IFPR está em fase de implantação (publicada em 9/09/2019)

Topo