Núcleos de Inovação Tecnológica

Os núcleos de inovação tecnológica (NITs) possuem papel importante na inovação. Eles foram idealizados com o propósito de aproximar a academia e as empresas. Atuam como agentes entre pesquisadores e aqueles que podem comercializar a tecnologia. Portanto, são instituições responsáveis pela política de inovação e empreendedorismo, além de garantir a transferência de tecnologia.

Duas leis foram primordiais para o desenvolvimento e a criação dos NITs no Brasil. A primeira, Lei nº 9.279, de 14 de maio de 1996, que regulamentava os direitos de propriedade industrial e intelectual no país. A segunda, Lei nº 10.973, de 02 de dezembro de 2004, que dispõe sobre incentivos à inovação, pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo. Esta última propôs a obrigatoriedade da instalação dos NITs em todas as Instituições de Pesquisa Científica e Tecnológica (ICTs).

O Núcleo de Inovação Tecnológica do IFPR (NIT/Proeppi) tem o papel de favorecer a criação de um ambiente propício para a transferência de tecnologia e para a proteção do conhecimento no IFPR.

O Núcleo de Inovação Tecnológica do IFPR foi criado pela resolução Consup nº 6, de 23 de janeiro de 2017, que trata de sua organização, implementação e funcionamento.

A IIP nº 5, de 27 de março de 2017 dispõe sobre os procedimentos do NIT para fomentar e explorar a inovação e proteger a propriedade intelectual gerada no âmbito do IFPR e a respectiva transferência à iniciativa privada, com vista ao desenvolvimento sociocultural e tecnológico local, regional ou nacional.

No início de 2019 foi instituída a Política de Inovação e de estímulo ao Empreendedorismo no âmbito do IFPR. Em dezembro de 2019 foram aprovados o Regulamento para o funcionamento de incubadoras e o Regulamento para as Empresas Juniores do IFPR.

Constituem o Núcleo de Inovação Tecnológica do IFPR o NIT/Proeppi e o NIT/Campus.

A esquerda, o desenho mostra a sigla NIT, com o i minúsculo e o pingo vermelho. Ao redor do pingo do i, três elipses com traçado verde estão rotacionadas com diferentes ângulos. No lado direito, aparecere a inscrição Núcleos de Inovação Tecnológica

NIT/PROEPPI

O NIT/Proeppi é um órgão diretamente subordinado à Agif. Ele atua como mediador entre o setor privado, o IFPR e a comunidade. Tem o papel de favorecer a criação de um ambiente propício para a transferência de tecnologia e para a proteção do conhecimento no IFPR.

A Coordenação do NIT/Proeppi é o setor responsável pelo contato entre os NITs dos campi e a direção da Agência de Inovação, através dos chefes de NIT. Por meio de grupos de e-mail e WhatsApp é estabelecida uma comunicação direta e rápida entre a Coordenação e os chefes de NIT, através da qual avisos, informações, solicitações, divulgações e esclarecimentos de dúvidas são realizados.

NIT/CAMPUS

O NIT/Campus está na Seção de Inovação e Empreendedorismo e é um órgão diretamente subordinado à Coordenadoria de Pesquisa, Extensão e Inovação do campus e vinculado ao NIT/Proeppi. O NIT/Campus operacionaliza a política de inovação no campus. Para tal, recebe, do NIT/Proeppi, assessoramento técnico no que tange à criação de inovação, proteção da propriedade intelectual, transferência de tecnologia e criação de rede de pesquisadores no âmbito do instituto.

Topo