/ notícias / Ficiencias 2019 dá visibilidade a projetos científico-tecnológicos do IFPR

Ficiencias 2019 dá visibilidade a projetos científico-tecnológicos do IFPR

Publicado em

Fotografia colorida em ambiente fechado que mostra dois estudantes do IFPR em um stand da Ficiências. Sobre a bancadam há experimentos. Os estudantes explicam o projeto para dois visitantes.
Projetos de 19 campi representam o IFPR na 8ª Ficiências

Teve início, nesta terça-feira (5), em Foz do Iguaçu, a 8ª edição da Feira de Inovação das Ciências e Engenharias (Ficiencias), realizada pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), com o apoio de diversas instituições. Ao todo, são apresentados 150 projetos de sete áreas do conhecimento, selecionados a partir de um universo de quase 400 projetos submetidos. O Instituto Federal do Paraná (IFPR) participa com a apresentação de 39 trabalhos.

A exposição inclui trabalhos de estudantes brasileiros (do Paraná e de Santa Catarina), paraguaios e argentinos, de instituições públicas e particulares. A Feira conta também com a versão Kids, exibindo projetos de crianças do 3º ao 5º ano.

Entre as categorias com maior procura estão as Engenharias, com 70 iniciativas registradas; seguida por Ciências Humanas com 66; Ciências Agrárias com 49; Ciências Exatas e da Terra com 47 e Ciências Biológicas e Ciências da Saúde com 43 e 41, respectivamente.

Como já é tradição, o IFPR está muito bem representado. Os 19 campi participantes trouxeram um portfólio variado de projetos que abordam temáticas diversas, como a análise da qualidade do mel, a despoluição da água por meio de uma central hidrelétrica sustentável, o feminismo negro e soluções inteligentes para descarte correto do lixo e para reaproveitamento de resíduos.

Conheça os projetos do IFPR apresentados na Ficiencias.

Vencedores

O professor Rafael Kawano, do Campus Paranaguá, participa da Ficiencias desde 2016, tendo, inclusive, recebido o prêmio de primeiro lugar no ano passado com o Projeto “Mãozinha Adams”. Este ano, ele está com seus orientandos do curso Técnico em Meio Ambiente expondo os resultados do trabalho “Desenvolvimento de um Microscópio Alternativo fabricado em Impressora 3D”.

“Se considerarmos que todos os projetos apresentados passaram por uma rigorosa seleção, já consideramos uma vitória o simples fato de estarmos aqui. É uma grande oportunidade estar neste ambiente voltado à inovação, poder trocar experiências e ver de perto projetos de altíssima qualidade”, destacou o professor.

Para a estudante Vitória Gabrielly Vieira dos Santos , do Campus Assis Chateaubriand, a Feira é uma janela para que ela possa dar visibilidade aos resultados de seu projeto “Estudo de Caso do Google Class Room como Sistema de Informação de Salas de Aula do IFPR”.

“Estamos desenvolvendo o trabalho há um ano, com resultados bem fundamentados, tanto na teoria quanto na prática. Queremos difundir a ferramenta do Google Class Room para que ele possa ser usado com todas as suas potencialidades, permitindo a otimização do tempo em sala de aula, a interatividade professor-aluno e as parcerias interdisciplinares”, explica a aluna do curso Técnico em Informática.

O orientador, professor Eduardo Felippsen, complementa informando que a ferramenta será adotada no Campus Assis como um projeto piloto capaz de melhorar a cultura escolar.

A Ficiencias segue até a sexta-feira (08), quando serão apresentados os vencedores das diferentes categorias.

Com informações e texto do Campus Foz do Iguaçu

Galeria de Fotos

Leia mais

Topo