Edital seleciona projetos do IFPR para a criação de laboratórios de prototipagem

Publicado em

Foi publicado nesta terça-feira (5) o edital interno para a seleção de projetos para a criação de laboratórios abertos de prototipagem e espaços compartilhados (edital nº 15/2022). Por meio deste edital, serão selecionados dois projetos que irão compor a proposta do IFPR para participar da Chamada Pública MCTI/FINEP/FNDCT/CT – Verde Amarelo – Laboratórios Abertos de Prototipagem e Espaços Compartilhados.

O período de inscrições vai de 06/04/2022 até 03/05/2022, exclusivamente por meio do Siscope.

Poderão participar todos os servidores do IFPR que tenham interesse e preencham os requisitos necessários (item 4 do edital).

A Chamada Pública MCTI/FINEP/FNDCT/CT trata da seleção de propostas para a concessão de recursos financeiros não reembolsáveis, visando apoiar a implantação ou modernização de instalações em Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), como forma de incentivar o desenvolvimento tecnológico, o aumento de competitividade e a interação entre empresas e ICTs, bem como promover o desenvolvimento de ecossistemas de inovação e da sociedade do conhecimento.

Cada projeto poderá ser enquadrado com recursos financeiros com valor mínimo de R$ 500 mil e valor máximo de R$ 2 milhões.

O edital completo e anexos em formato editável estão disponíveis na página de editais da Proeppi:

Conceito

De acordo com o edital, consideram-se laboratórios abertos de prototipagem e espaços de trabalho compartilhado os “laboratórios de prototipagem de produtos e processos (‘makerspace’), laboratório ou oficina de uso compartilhado e aberto a múltiplos públicos, equipado com ferramentas de fabricação digital e prototipação rápida, controladas por computador e operando com os mais diversos materiais de suporte, que permitem a fabricação rápida, flexível e de baixo custo de objetos físicos, de modo a possibilitar a exploração criativa de ideias, o desenvolvimento de testes de conceito, protótipos e aplicações e o estímulo à cultura de compartilhamento e produção cooperada”.

Leia mais

Topo