Sisrem recebe inscrições até o dia 1º de novembro

Publicado em

As inscrições para o processo seletivo para remoção interna iniciam nesta terça-feira (23) pelo SisremO processo seletivo destina-se a todos os servidores em efetivo exercício no IFPR com interesse em Remoção a Pedido para preencherem as vagas que possuem códigos de vagas para oferecimento em contrapartida.

O edital que rege o processo de seleção foi publicado no dia 16 de outubro. As inscrições seguem até o dia 1º de novembro.

O que é o Sisrem?

O Sisrem é o Sistema Informatizado de Remoção desenvolvido pela Diretoria de Informação e Comunicação (Dtic) e pela Diretoria de Desenvolvimento de Pessoas (Didep), que está atrelada à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe), e que será utilizado para a realização do processo seletivo de remoção a pedido de servidores públicos no âmbito do IFPR. Embora o edital seja uma rotina, é a primeira vez que o processo será realizado via sistema.

Benefícios da implantação do sistema

Antes, as remoções eram feitas em acordo com as chefias das unidades envolvidas e os servidores interessados, com o aval dos diretores dos campi. Com a adoção do Sisrem, elas serão feitas de modo eletrônico, com total transparência na divulgação das vagas disponíveis e dando condições para que todos os servidores possam concorrer às vagas, com igualdade de condições. Outro benefício diz respeito ao fato de, antes que as vagas de cada unidade do IFPR sejam divulgadas para concursos públicos abertos a comunidade externa, elas sejam disponibilizadas para a remoção interna de servidores.

O próprio sistema realiza o ranqueamento dos candidatos e faz o desempate quando existir mais de um servidor interessado pela vaga de remoção para a mesma localidade/campus a partir de dois critérios: maior tempo na unidade de lotação de origem e maior idade.

Crescimento do IFPR motivou desenvolvimento do Sisrem

A pró-reitora de gestão de pessoas, Eliane Mesquita, destaca que o sistema é essencial diante da expansão do IFPR e o consequente crescimento na demanda de remoções internas, o que trará mais celeridade ao processo e atende aos anseios dos servidores.

O trabalho de desenvolvimento foi árduo. As primeiras tratativas são de 2015, mas requeriam um amadurecimento em relação aos critérios que iriam orientar o sistema, o que é chamado de regras negociais. A definição da Didep em retomar o desenvolvimento e a oficialização dessas regras, neste ano, junto aos gestores dos diferentes campi e setores do IFPR, permitiu a definição de um cronograma e a implantação do sistema.

Questões específicas para servidores interessados na remoção

Para cadastro no Sisrem, o servidor deve verificar se realmente existe vaga para o seu cargo no edital de remoção. O sistema só permite a inscrição dos servidores lotados nos cargos constantes no edital.

Não há formação de cadastro de reserva para realização do processo seletivo de remoção interna. Somente será expedido novo edital quando houver novas vagas disponíveis. Também não há uma vigência específica, o edital se extingue quando todos os servidores classificados forem efetivamente removidos.

O servidor pode escolher até três campi que possuam vagas na sua área.

Outra questão pertinente é que as despesas decorrentes da efetivação do ato de remoção a pedido são responsabilidade do servidor removido, não gerando qualquer ônus para a administração.

Em caso de dúvidas sobre o edital, o servidor pode saná-las pelo e-mail: didep@ifpr.edu.br.

 

Matéria originalmente publicada no dia 17 de outubro de 2018 e atualizada em 23 de outubro de 2018, às 16:40.

Leia mais

Topo