Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro
Home » Serviços » Editora IFPR » Um breve histórico sobre o ISBN

Um breve histórico sobre o ISBN

ISBN – International Standard Book Number – é um sistema internacional padronizado que identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país, a editora, individualizando-os inclusive por edição. Utilizado também para identificar software, seu sistema numérico é convertido em código de barras, o que elimina barreiras lingüísticas e facilita a circulação e comercialização das obras.

Criado em 1967 por editores ingleses, o sistema passou a ser amplamente empregado, tanto pelos comerciantes de livros quanto pelas bibliotecas, até ser oficializado, em 1972, como norma internacional pela International Organization for Standartization – ISO 2108 – 1972.

O sistema ISBN é controlado pela Agência Internacional do ISBN, que orienta, coordena e delega poderes às agências nacionais designadas em cada país. Desde 1978, a Fundação Biblioteca Nacional representa a Agência Brasileira, com a função de atribuir o número de identificação aos livros editados no país.

Uma vez fixada a identificação, ela só se aplica àquela obra e edição, não se repetindo jamais em outra. A versatilidade deste sistema de registro facilita a interconexão de arquivos e a recuperação e transmissão de dados em sistemas automatizados, razão pela qual é adotado internacionalmente. O ISBN simplifica a busca e a atualização bibliográfica, concorrendo para a integração cultural entre os povos.

Números de ISBN e livros eletrônicos

Do ponto de vista da Agência Internacional do ISBN, esta regra é tão importante para livros eletrônicos quanto é para os diferentes formatos de livros impressos, especialmente quando os modelos comerciais envolverem parceiros múltiplos.

Entre outros benefícios:

A utilização de números de ISBN separados para cada formato garante que o livro eletrônico solicitado seja o correto para o leitor eletrônico do usuário e/ou para a plataforma do software, facilita o comércio eletrônico de livros eletrônicos, particularmente quando formatos múltiplos são vendidos através do mesmo canal. Por exemplo, sem uma identificação única do produto, um varejista ou uma biblioteca que queiram pedir formatos específicos, teriam que adicionar vários campos de metadados adicionais que poderiam requerer um processamento extra de cada link na cadeia de abastecimento, possibilita relatório de vendas do produto em níveis e uso e facilita o gerenciamento dos produtos de livros eletrônicos por editores o ISBN fornece um sistema global confiável que é simples de usar e não envolve novo trabalho de integração para se adequar aos sistemas já existentes

Recomendação da Agência Internacional do ISBN

A Agência Internacional do ISBN continua a recomendar que editores dêem números de ISBN para cada formato de livro eletrônico que estejam separadamente disponíveis.

Atribuição do ISBN
 
  1. Quando uma publicação ou produto específico estiver disponível com um sistema operacional e/ou linguagem de comandos diferentes cada formato em separado receberá um ISBN exclusivo;
  2. Sistemas operacionais e dispositivos de leitura não recebem ISBN;
  3. Quando a publicação ou produto for atualizado, revisado ou alterado e as mudanças forem suficientemente significativas, será considerada uma nova edição e um novo ISBN será atribuído;
  4. Um ISBN deve ser atribuído a um produto de software seja qual for a sua forma física;
  5. Quando os formatos forem diferentes, cada formato receberá seu próprio ISBN. Por exemplo, PDF – HTML – OEB.
Não se atribui ISBN
 
  1. Publicações sujeitas a frequentes atualizações e em que seja possível acessar e fazer mudanças quase imediatas, como bancos de dados on-line;
  2. Sites de internet;
  3. Materiais promocionais e propagandas;
  4. Quadros de anúncios;
  5. E-mails e outras correspondências eletrônicas;
  6. Mecanismos de busca;
  7. Jogos;
  8. Documentos pessoais (curriculum ou perfil pessoal);
  9. Agendas / diários / calendários;
  10. Jornais / revistas.

 

Fonte: http://www.isbn.bn.br