Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro

Publicações

As publicações da EDITORA-IFPR deverão ser compostas por:

I. Ensaios;

II. Publicações por demanda institucional;

III. Livros resultantes de teses e dissertações;

IV. Livros de apoio à temática educacional em especial ao ensino básico, técnico, tecnológico e ao ensino superior em suas diversas modalidades como as graduações (licenciaturas ou bacharelados), pós-graduações (especialização, mestrado e doutorado);

V. Coleções temáticas;

VI. Coletâneas relacionadas às linhas de pesquisa e produção dos programas de pós-graduação do IFPR;

VII. Cadernos temáticos em forma impressa e digital;

VIII. Periódicos científicos em forma impressa e digital, aberto e com acesso gratuito ao conteúdo;

IX. Anais de congresso e/ou simpósio.

 

As revistas publicadas pela EDITORA-IFPR deverão proporcionar o estímulo e a divulgação da produção acadêmica, a sua socialização com os segmentos internos da instituição e a sociedade em geral, bem como permitir um intercâmbio, em termos de produção acadêmica, com as instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, e também com as demais instituições de ensino superior.

 

Os cadernos temáticos serão organizados levando em consideração as áreas de conhecimento estabelecidas pela Capes e os níveis e modalidades de ensino ofertados pelo IFPR, com atenção aos eixos da educação básica, técnica e tecnológica, às licenciaturas, bacharelados e às pós-graduações lato sensu e stricto sensu.

 

Os ensaios tecnológicos e científicos, bem como os filosóficos, literários e culturais, serão compostos por meio de obras acadêmicas, com foco em temáticas no âmbito das ciências humanas e naturais, dos códigos e linguagens e das tecnologias, que tenham como objeto a sociedade e a natureza e que as abordem num rigor acadêmico-científico.

 

Os livros consubstanciam-se em obras completas que compõem a expressão do desenvolvimento científico, tecnológico, literário e artístico. Assim, essas publicações poderão ser resultado da produção intelectual de pessoas que integram ou não o quadro de servidores do IFPR.

 

A EDITORA-IFPR poderá publicar outras obras, conforme demanda institucional e disponibilidade material para tanto, a exemplo de anais de eventos institucionais, planos institucionais, cartilhas, dentre outras, mediante aprovação do Conselho Editorial.

 

Os cadernos temáticos e os ensaios não observarão periodicidade previamente definida, mas as demandas institucionais e da comunidade acadêmica, organizados e conduzidos por meio de responsável delegado para realização desta atividade. Assim, será dada prioridade aos resultados das pesquisas desenvolvidas institucionalmente no IFPR.

 

A proposta de criação de periódicos científicos podem ser solicitadas pelo Conselho Editorial, pelos programas de pós-graduação ou por membros do corpo docente, integrantes do IFPR, mediante apresentação de documento de criação de periódico científico, protocolado, contemplando os seguintes critérios:

I. Título do periódico e subtítulo, se houver;

II. Título abreviado, ou sigla;

III. Área(s) de conhecimento a que se vincula;

IV. Justificativa;

V. Objetivos;

VI. Política editorial do periódico e normas para submissão e avaliação dos artigos;

VII. Normas a serem utilizadas nos artigos (NBRs 6022, 6023, 6024, 6026, 6028, 10520, 10525, Norma tabular do IBGE ou Estilo Vancouver para a área da Saúde);

VIII. Estrato pretendido, de acordo com os critérios Qualis da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES);

IX. Periodicidade;

X. Número mínimo e máximo de artigos por edição da revista;

XI. Idioma;

XII. Conselho Científico, considerando-se o nível de circulação do periódico e a senioridade em pesquisa dos seus membros, com indicação de titulação, vínculo institucional e correio eletrônico;

XIII. Comissão Editorial, com indicação de titulação, vínculo institucional e correio eletrônico;

XIV. Editor científico, devendo ser docente do IFPR, de reconhecida atuação na área de conhecimento da revista, por seus méritos científicos, acadêmicos e profissionais;

XV. Planejamento para a implantação e consolidação do periódico, com detalhamento da infraestrutura e dos recursos humanos e financeiros necessários;

XVI. Ata do Conselho Científico ou da Comissão Editorial proponente, aprovando o projeto de criação do periódico.

 

Os periódicos científicos propostos por programas de pós-graduação stricto sensu deverão se pautar nos critérios de classificação Qualis (CAPES) para periódicos.

 

Os periódicos científicos mantidos pela própria editora deverão materializar a função social da Instituição, em especial nos níveis de ensino oferecidos.

 

O corpo editorial deverá ser multicampi, além de envolver a comunidade científica nacional e internacional.

 

Os periódicos científicos deverão possuir, no mínimo, uma periodicidade semestral.

 

O conteúdo científico deverá ser de, pelo menos, 75% de todo o material publicado na edição.

 

Apresentar de forma clara e explícita o documento que trata sobre ética na submissão, publicação e revisão.

 

Apresentar o termo de responsabilidade e de transferência dos direitos autorais do trabalho.

 

 

Os cadernos temáticos organizam-se em:

I. Cadernos de Área;

II. Cadernos de Pesquisa.

 

Os Cadernos de Área deverão consubstanciar-se em publicações organizadoras da divulgação e da publicação de artigos, ensaios breves, memoriais, entre outros, confeccionados pelos servidores do IFPR.

 

Os Cadernos de Pesquisa deverão ser publicações organizadoras, da divulgação e da publicação das pesquisas desenvolvidas pelos servidores e discentes do IFPR. Deverão ser compostos com base nos resultados de pesquisas organizadas por meio de relatórios, artigos, memoriais, entre outros.

 

A publicação de livros didáticos poderá ser realizada quando da consolidação da EDITORA-IFPR, com recursos humanos, materiais e tecnológicos que viabilizem este tipo de publicação, haja vista o seu grau de complexidade e a necessidade de um sistema de distribuição e comercialização eficiente, em razão da elevada tiragem que a produção de livros didáticos demanda.

 

O recebimento de propostas de publicação de obras deverá ser realizado por meio de Editais e\ou Chamadas, com regras específicas para cada tipo de publicação, conforme planejamento da EDITORA-IFPR.

 

As publicações por demanda institucional não necessitam de edital específico, mas deverão ser aprovadas pelo Conselho Editorial.

 

O Conselho Editorial poderá convidar autores de renome para publicarem suas obras pela EDITORA-IFPR.

 

Todo e qualquer original deverá ser submetido à análise do Conselho Científico, mediante o cumprimento dos itens descritos nos editais publicados pela EDITORA-IFPR.

 

Os editais com exigências para publicação na EDITORA-IFPR serão responsabilidade do Conselho Editorial e divulgados anualmente.

 

As publicações aprovadas pelo Conselho Editorial serão preferencialmente disponibilizadas na forma digital no site da editora.