Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro

Conheça as próximas etapas do PDI

Publicado em 08/06/2018

Desde fevereiro até esta quinta-feira (7), foram realizadas as audiências públicas do Plano de Desenvolvimento Institucional do IFPR (PDI) 2019-2023. Passando por 25 cidades em que há unidades do Instituto, a comissão colheu contribuições dos estudantes, pais, professores, técnicos e comunidade local. Nos campi, houve diversas questões levantadas sobre infraestrutura física, abertura de novos cursos, assistência estudantil, orçamentos, entre outros assuntos.

Durante as audiências, houve apresentações sobre o PDI e avaliações do Plano anterior, em vigor entre os anos de 2014 e 2018. Foram distribuídos formulários para que a comunidade formalizasse avaliações e sugestões. O processo é coordenado por uma Comissão, composta por pró-reitores, diretores sistêmicos, diretores-gerais, além de outros servidores, encabeçada pela Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (Proplan).

“A comissão percorreu cerca de 8.400 quilômetros para a realização das 27 audiências, em 25 cidades. Nas audiências nos campi, surgiram ideias inovadoras e favoráveis para o desenvolvimento do IFPR. O Instituto está expandindo. Em 2009, tínhamos quatro campi, hoje estamos em 25, e temos quase 20 mil alunos presenciais e 25 mil em EaD”, conta o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Paulo Yamamoto.

A partir de agora, a comissão responderá a todos os questionamentos feitos de maneira individual pelos presentes nas audiências públicas. Em seguida, no mês de julho, será elaborado o documento prévio contendo as contribuições recebidas. Em agosto, estará aberta a consulta pública, terminando no final do mesmo mês. Em setembro, as contribuições serão consolidadas.

“A consulta pública é uma ferramenta democrática muito importante, pois permite à sociedade apresentar suas demandas ao IFPR e também conhecer melhor seu funcionamento. A partir das discussões que tivemos, poderemos orientar nossas ações para os próximos anos em sintonia com os anseios da região”, explica o diretor-geral do Campus Capanema, Marcos Schmitt.

“O PDI é um passo importante para que possamos refletir e pensar sobre as necessidades do campus, e com a audiência pública podemos construir o futuro de forma coletiva”, comenta o diretor-geral do Campus Campo Largo, João Madureira.

“As audiências foram inéditas e muito importantes no processo. A transparência das apresentações e da audiência em si fez com que a comunidade, os pais de alunos, os discentes, os servidores dos campi e políticos dos municípios participassem ativamente. A abertura dada às pessoas presentes foi de extrema valia, pois ajuda a encontrar o rumo que o IFPR deve tomar conforme as necessidades locais”, comenta Luiz Nardeli, da Comissão Técnica de Desenvolvimento.

O que é o PDI

O documento organiza diretrizes, premissas e objetivos de longo prazo. Basicamente, é um guia a ser seguido pela instituição em relação à sua missão, objetivos estratégicos e diretrizes pedagógicas para os próximos cinco anos.

É no PDI que a instituição se manifesta sobre o que espera do futuro. Por esse motivo, a construção do documento é coletiva. Assim, tanto a comunidade interna quanto externa são convidadas a elaborar proposições, que estão agrupadas em eixos temáticos como perfil institucional, políticas acadêmicas, infraestrutura física, políticas de gestão, avaliação institucional e relacionamento com a comunidade.

Legislação

A elaboração do PDI é uma exigência do Ministério da Educação às instituições federais de ensino, que devem elaborá-lo conforme as orientações do decreto nº 9.235, de 15 de dezembro de 2017.

Saiba mais

Confira vídeo exibido no fechamento do PDI, no Campus Campo Largo, com informações sobre realização da etapa de audiências públicas

Leia mais

Galeria de Imagens