/ notícias / Campus Campo Largo forma primeiro aluno cego do Curso Técnico Subsequente em Cerâmica

Campus Campo Largo forma primeiro aluno cego do Curso Técnico Subsequente em Cerâmica

Publicado em

[Notícia publicada em 21 de dezembro de 2015] Foi realizado, na última quarta-feira (16), o encerramento da primeira turma do Curso Técnico Subsequente em Cerâmica, que formou o primeiro aluno cego do curso, no Campus Campo Largo do Instituto Federal do Paraná.

O encerramento ocorreu através de apresentações de trabalhos de conclusão de curso, como parte do componente curricular “Desenvolvimento de Produto IV”,  ministrado por cinco professores da área técnica. Entre os estudantes que defenderam seus projetos, Gilmar do Carmo é o primeiro aluno cego a concluir este curso no campus.

Gilmar desenvolveu um jogo de café – composto por pires, xícara e bule – , baseado no conceito do Design Universal (um produto acessível a todos), sob orientação do professor Fábio Cuellar e assessoria da professora Adriane R. de Macedo, coordenadora do Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas – Napne.

Aplicou-se a metodologia de desenvolvimento de produto adaptada às pessoas cegas com materiais em alto relevo – por meio tátil.

“A ideia do projeto era desenvolver um jogo de café por prototipagem física, com o objetivo de possibilitar que um técnico em cerâmica cego desenvolva seu próprio produto”, afirma o estudante.

A solução desenvolvida para a xícara e o pires foi um encaixe na base da xícara e um alto relevo no pires; além disso, ambos possuem forma de ampulheta, para melhor apreensão palmar, utilizando princípios ergonômicos para melhorar a usabilidade dos objetos.

Para a submissão à banca técnica, o estudante fez uso do recurso do programa Dosvox, aplicativo com sistema de voz; em substituição aos slides, criou um painel tátil com as formas desenvolvidas.

Gilmar pretende dar continuidade a seus estudos no mesmo campus, no curso Técnico Subsequente em Administração em 2016.

Galeria de Fotos

Leia mais

Topo