Instituto Federal do Paraná Marca do IFPR INSTITUTO FEDERAL Paraná
notícias Atos em todo Paraná e reunião com parlamentares marcam dia de mobilização em defesa do IFPR

Atos em todo Paraná e reunião com parlamentares marcam dia de mobilização em defesa do IFPR

Publicado em

Imagem da campanha ao centro escrito Somos Todos Educadores e ícones de pessoas em volta como se estivessem abraçando a imagem
#SomosTodosEducadores

O dia 13 de maio foi de mobilização em todo o IFPR. Em diversas sedes da instituição, como em Curitiba, Goioerê, Palmas, Foz do Iguaçu, Ivaiporã, entre outras, estudantes e servidores estiveram juntos em defesa da educação pública e pela reversão ao bloqueio de 30% de orçamento para os institutos federais e universidades. Assim como a campanha #SomosTodosEducadores, a mobilização teve o propósito de defender a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e demonstrar o impacto social positivo que as ações do Instituto Federal do Paraná têm nas localidades em que está inserido.

Parlamentares do Paraná foram acionados

O dia também foi de ação política. Além da sensibilização da opinião pública, é fundamental alertar os parlamentares do Paraná em relação ao impacto que o bloqueio de 30% do orçamento representa para as instituições. Por isso, a UFPR promoveu, na segunda, dia 13 de maio, um encontro entre os reitores da UFPR, IFPR, Unila e UTFPR para articular e mobilizar forças contra o corte de recursos, enfatizando o impacto que a medida terá para mais de 102 mil estudantes em todo Estado. Apenas no Paraná serão atingidos mais de 33 mil alunos, na UFPR e UTFPR, seis mil na Unila e 30 mil do IFPR.  No IFPR, o bloqueio significa um impacto de R$ 20.895.166,00, o que, em média, corresponde a 36% do orçamento discricionário, em ações como capacitação e funcionamento (custeio, investimento e expansão).

O reitor pro tempore Odacir Antonio Zanatta, do IFPR, enfatizou que 50% das vagas ofertadas pelo Instituto no Processo Seletivo são para o Ensino Médio, principalmente para cursos técnicos integrados e 20% para licenciaturas. Além disso, todos os cursos são gratuitos e destinam 80% de vagas à inclusão.  “Nós fazemos parte da Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica, que agrega 41 instituições de ensino, somando cerca de um milhão de estudantes, dos quais 76% (760 mil) têm até um salário mínimo e meio de renda familiar”.

Campanha continua a todo vapor

A campanha #SomosTodosEducadores está evidenciando no site e redes sociais do IFPR, por meio de um selo, os resultados obtidos em ações de ensino, pesquisa, extensão e inovação realizadas nas 26 cidades em que a instituição está presente no estado. Caso o bloqueio de recursos seja mantido, as consequências serão drásticas para a manutenção das atividades.

Estão em risco as ações que foram planejadas, ao longo de 2018 junto a 25 comunidades locais em que o Instituto realiza suas atividades, por meio da construção coletiva do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2019-2023).  O bloqueio no valor de R$ 20.895.166,00 também afeta diretamente o funcionamento da instituição, tanto na Reitoria como em seus 25 campi, em gastos essenciais como luz, água, segurança e limpeza. A estimativa é de que os recursos já liberados pelo governo federal sejam suficientes para a manutenção das atividades regulares da instituição até julho deste ano.

A campanha do IFPR se soma à realizada por outras instituições públicas de ensino, reforçando o compromisso com a qualidade e eficiência no atendimento às demandas da sociedade. Em Foz, a ação dos estudantes e servidores foi pauta de matéria da televisão local.

Leia mais

Topo